35 assassinatos em Salvador e RMS somente este fds.

0

O feriadão em comemoração à Proclamação da República foi marcada por violência e execuções. De acordo com o boletim da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), entre sexta-feira (15) e o domingo (17), 35 pessoas foram mortas em Salvador e na Região Metropolitana. Os dados apontam que a maioria das vítimas são jovens e do sexo masculino.

Dentre as vítimas está Iris Sousa dos Santos, de 21 anos, que foi assassinada pelo companheiro no bairro de Valéria, na capital baiana. O crime aconteceu na noite de sexta-feira (15), dentro da casa da vítima. De acordo com informações da Central de Polícia (Centel), a jovem foi atingida por golpes de faca nas costas. O acusado é o companheiro, identificado como Adailton Bonfim dos Santos, 25 anos. A polícia ainda não esclareceu o que teria motivado o crime.

Já Daniel Costa Santana, de 17 anos, foi morto a tiros na madrugada de sábado (16), em via pública. A polícia informou que o adolescente andava na avenida Afrânio Peixoto, no bairro do Lobato, quando foi alvejado nas costas e nádegas. Ele morreu no local, mas não há mais informações sobre a autoria e motivação do homicídio. Anderson Silva Carvalho, 31 anos, foi assassinado no bairro de Periperi, no Subúrbio Ferroviário, na noite de sexta. A vítima foi morta em um bar por um tiro que atingiu o tórax.

Ainda em Salvador, dois homens foram perseguidos e assassinados no Jardim Cajazeiras, na tarde de sexta. Rivaldo Barbosa dos Santos estava acompanhado do amigo, Claudio Ferreira Nascimento, 23 anos, quando foram alvejados.

Na Região Metropolitana de Salvador, Carlos Magno Freitas Silva foi morto no Condomínio Bosque I, quando chegava em casa. Ele foi abordado por dois homens em um veículo de dados ignorados que disparam diversas vezes contra Carlos. O caso será investigado pela 26ª Delegacia Territorial (DT),em Dias D’Ávila, onde o crime aconteceu.

Fábio Santos Machado, 34 anos, foi executado a tiros enquanto caminhava em uma rua de Lauro de Freitas. Ele foi abordado e baleado por um homem que não foi identificado e fugiu logo em seguida. Fábio não chegou a ser socorrido e morreu no local. O caso será investigado pela 23ª DT (Lauro de Freitas), e a motivação do crime ainda não foi registrada pela polícia.

Um homem ainda não identificado foi encontrado morto no domingo (17), no bairro de Monte Serrat, segundo informações da Central de Polícia. Ele foi morto a pedradas. O corpo foi encontrado próximo a um campo de futebol.

Ainda no domingo, Cléber Conceição Cardoso, de 29 anos, foi morto a tiros em Catu de Abrantes, Vila de Abrantes. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Menandro de Farias, onde chegou sem vida.

Um adolescente de 15 anos foi morto com uma facada em Paripe. Alailton Francisco Santos foi atingido por volta das 7h30 da manhã de ontem. Uma viatura da Base Comunitária de Fazenda Coutos foi chamada e socorreu Alailton para o Hospital do Subúrbio, onde ele chegou com vida, mas acabou morrendo em decorrência dos ferimentos.

Alison Leite Teixeira Barbosa foi morto a facadas em Massaranduba. A polícia identificou como suspeita a ex-companheira de Alison, Jaciara Santos Silva. Segundo vizinhos, ambos eram usuários de droga e se desentenderam. Jaciara fugiu depois do crime, antes da chegada da Polícia Militar ao local.

Daniel Santana Sales foi baleado na rua Bahia, em Itapuã, e ainda chegou a ser socorrido por populares para o Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, onde morreu. Ele já havia sido preso em 2010 suspeito de fazer parte de uma quadrilha de roubo de carros.

Dois homens foram mortos a tiros em Nova Constituinte, Periperi. Gil Everson Duarte Ferreira, 23 anos, e Ariedson Pinheiro Lago, 20, estavam na rua Everaldo Cardoso quando suspeitos chegaram já atirando.

Segundo a polícia, Gil foi baleado no tórax e Ariedson foi atingido na região da cervical e no ombro esquerdo. Os dois foram socorridos para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiram aos ferimentos.

Uma mulher foi morta pelo vizinho,na noite do sábado, depois de uma discussão motivada por uma queixa que ela prestou contra o acusado. Andreia Oliveira de Jesus, 25 anos, morreu em casa, no bairro de São Marcos, depois de ser atacada com golpes de faca. Segundo a polícia, o suspeito foi identificado como Gilson Oliveira dos Santos e está foragido. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga os casos.

Com informações do Bocão News.

 

Compartilhar.

Deixe uma resposta