Profissionais de segurança publica serão os últimos a receberem vacina.

0

Ministério da Saúde coloca profissionais da segurança pública na última fase do plano de imunização contra o Coronavírus.

O rascunho do Ministério da Saúde (MS) coloca os profissionais da segurança pública no último grupo prioritário das fases de imunização contra o Coronavírus, onde também estão os presos.

A informação foi divulgada pelos veículos de comunicação e repudiada pelo deputado estadual soldado Prisco, coordenador geral da Aspra. “Depois da categoria da saúde, a maior quantidade de mortes estão entre os profissionais da segurança pública. Então por que estão na última fase do grupo prioritário?”, questionou o parlamentar.

Conforme dados do MS, os grupos prioritários estão divididos em quatro etapas:

➡️ Primeira fase: trabalhadores da saúde, pessoas com mais de 75 anos, indivíduos acima dos 60 anos que vivem em instituições de longa permanência (asilos e hospitais psiquiátricos) e população indígena.

➡️ Segunda fase: pessoas entre 60 a 74 anos.

➡️ Terceira fase: pessoas com doenças que representam risco para agravamento da covid-19 (como portadores de problemas cardiovasculares e renais).

➡️ Quarta fase: professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e população privada de liberdade.

O Ministério da Saúde pretende iniciar a campanha no primeiro trimestre de 2021.

Compartilhar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.